Historia resumida de Chanucá

Posted in Sem categoria on dezembro 10, 2012 by Leonardo Marivil

A Ocupação Síria

Há mais de 2000 anos, o rei selêucida Antiochus III governava Israel. A princípio, ele tratava com bondade os judeus e lhes dava alguns privilégios; porém quando os romanos o derrotaram, Antiochus forçou os povos de seu império a fornecerem o ouro necessário para pagar os tributos romanos. Seu filho e sucessor, Seleucus IV, continuou a opressão.

Porém o pior conflito causado pela ocupação síria de Israel veio de dentro, com o crescimento do poder dos judeus “helenistas”, que adotaram a cultura grega idólatra. O Cohen Hagadol, Sumo Sacerdote, Yochanan, previu o perigo dessa influência. Enfurecidos por essa oposição, os helenistas tentaram fomentar o conflito entre o Rei Seleucus e Yochanan. Continuar lendo

A sua mente está sendo controlada?

Posted in Artigos, Estudos, Notícias, Proféticos on setembro 24, 2012 by Leonardo Marivil

Embora as seitas sejam diferentes em seus sistemas de crença, todas elas usam as mesmas técnicas de controle mental. O propósito deste artigo é permitir-lhe testar a si mesmo para saber se você é uma vítima dessas conhecidas técnicas de alienação. Nas seguintes questões não tratamos de nenhum grupo religioso específico. Pelo contrário, as informações abaixo foram coletadas visando muitos grupos, todos conhecidos por usar técnicas de controle da mente em seus membros. Deve-se notar, ainda, que essas questões não estão limitadas simplesmente a grupos religiosos. Atualmente existem também muitos grupos políticos, de negócios e seculares, não-religiosos, que empregam técnicas de controle mental em seus participantes.

E então, o que você tem a perder? Quer fazer o teste?

Faça o Teste!

Por favor, responda as seguintes questões com honestidade:
Você se sente como se tudo que você faz de bom para o seu grupo, não importa o quanto você se esforce, nunca é o bastante? E como resultado disso, você costuma sentir culpa? Continuar lendo

A arma mais poderosa de Israel: a oração

Posted in Artigos, Estudos, Israel/Judaismo, Notícias, Proféticos on agosto 18, 2012 by Leonardo Marivil

Um apelo em tempos de angústia
A arma mais poderosa de Israel: a oração

O Muro das Lamentações – principal local de oração dos judeus: “estando eles angustiados, cedo me buscarão” (Os 5.15b).

Michael Freund, jornalista e conselheiro político do ex-primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, publicou no jornal israelense “Jerusalem Post” um artigo sobre a melhor arma defensiva de Israel: a oração ao Deus de Israel. A seguir publicamos a tradução desse comovente apelo:

A melhor defesa de Israel

Parece que as notícias não nos deixam em paz. A cada hora ouvimos sobre novos atentados, novas vítimas, mais lágrimas e mais derramamento de sangue. Tornamo-nos dependentes do rádio e da TV como um alcoólatra da bebiba, completamente atordoados por tantas informações, mas mesmo assim incapazes de fugir de sua influência inclemente. Parece que a cada dia cresce o perigo a que Israel está exposto – e cresce nosso desespero. Todos nós queremos ajudar, queremos mudar alguma coisa em favor de nosso povo nessas horas críticas. Mas falta-nos qualquer idéia do que poderíamos ou deveríamos fazer. Continuar lendo

Shofarlatria

Posted in Artigos, Estudos, Shofar on maio 31, 2012 by Leonardo Marivil

Shofarlatria, sim eu acabei de inventar essa palavra pra descrever a idolatria ao instrumento Shofar.

Infelizmente esse não é um assunto novo pra mim, faz mais ou menos uns 10 anos venho confrontando esse tipo de idolatria no meio gospel evangélico. Creiam que nesse tempo já vi e ouvi muitas barbaridades heréticas envolvendo o Shofar.

Creio que primeiro precisamos deixar bem definido, afinal o que é o Shofar é pra que serve?
Shofar ou trombeta como é traduzida na Palavra de D-us é um instrumento feito de chifre de carneiro e tem  a finalidade de trazer um alerta de algo, em Exodo ele foi escutado pelos hebreus no pé do monte, em Leviticos veio a primeira instrução formal sobre seu uso que deveria ser para trazer lembrança de nossos pecados, e ser tocado no  dia que no Judaismo chamamos de Rosh Hashanah que é o ano novo Judaico, já em outras passagens o Shofar era usado como expressão de adoração e alerta.

A Cultura antiga do uso do Shofar.
Antigamente não existiam telefones, televisores, radios, sirenes, buzinas ou microfones com alto falantes, então como de costume da cultura dos hebreus, usar o Shofar  era essencial para suprir essas necessidades de uma comunicação em massa, já que seu som era audível em kilometros de distancia, era assim como os atalaias avisavam quando um iminigo se aproximava, eles tocavam o Shofar para anunciar alerta, o Shofar  também sempre era tocado para avisar ao povo Continuar lendo

O Caminho de Jerusalém

Posted in Adoração, Estudos, Israel/Judaismo on abril 28, 2012 by Leonardo Marivil

O Caminho de Jerusalém

Ótimo artigo extraido do site Beth Shalom

Caminho dos Romanos é um termo familiar aos evangélicos. Ele se refere a uma série de versículos do Livro aos Romanos (do Novo Testamento) que muitos usam para comunicar o Evangelho. Embora seja um método eficiente, este não é o único meio de transmitir o plano de Deus para a salvação.

Anos antes de haver um Caminho dos Romanos, Jesus apresentou a mensagem do Evangelho para dois homens judeus quando estes iam de Jerusalém para Emaús (Lc 24.25-27). Um deles era Cleopas. O nome do outro homem não foi revelado.

Os dois homens estavam perturbados devido à recente morte de Jesus de Nazaré, a pessoa que eles esperavam que fosse redimir Israel (vv. 17,20-21). Eles tinham ouvido dizer que o corpo de Jesus havia desaparecido da sepultura e que anjos haviam dito que Ele estava vivo, mas eles mesmos não O tinham visto (vv. 23-24).

À medida que esses dois homens caminhavam para Emaús, o Messias ressurreto se uniu a eles e pregou-lhes uma mensagem que eles jamais esqueceriam:

“Ó néscios e tardos de coração para crer tudo o que os profetas disseram! Porventura, não convinha que o Cristo padecesse e entrasse na sua glória? E, começando por Moisés, discorrendo por todos os profetas, expunha-lhes o que a seu respeito constava em todas as Escrituras” (vv. 25-27). Continuar lendo

O êxito do êxodo

Posted in Adoração, Agenda, Artigos, Estudos, Israel/Judaismo on abril 4, 2012 by Leonardo Marivil

Pêssach é um feriado judaico de origem bíblica com oito dias de duração. Marca o nascimento dos judeus como um povo há mais de 3.300 anos, e também seu surgimento como nação, sob a liderança de Moshê (Moisés), devotada a cumprir a vontade de D’us.

Pêssach celebra a liberdade dos filhos de Israel da escravidão e, ao mesmo tempo, a libertação do antigo sistema egípcio e seu modo de vida. Dessa maneira celebramos liberdade espiritual, juntamente com liberdade no sentido físico.

O êxodo foi um evento histórico real, que ocorreu e foi documentado para a posteridade. Entretanto, além do significado histórico de Pêssach, devemos entender os conceitos de escravidão e redenção em termos metafóricos e espirituais, intensificando nossa compreensão desses eventos até que possamos realmente nos sentir partindo do Egito nos dias conturbados que vivemos hoje. Continuar lendo

A “verdade” da boca dos pequeninos – A pedagogia do ódio

Posted in Artigos, Estudos, Israel/Judaismo on fevereiro 29, 2012 by Leonardo Marivil

Se você quiser saber qual é a verdadeira essência do conflito entre palestinos e israelenses, não pergunte aos políticos ou aos diplomatas. Vá falar com os especialistas: as crianças palestinas.

Crianças palestinas: dispostas a sacrificar suas vidas pela destruição de Israel.

Diferentemente do que ocorre na maior parte do mundo, as crianças palestinas prestaram muita atenção ao que seus líderes e mestres lhes ensinaram – e estão dispostas a colocar em prática tudo o que aprenderam. Por exemplo, crianças palestinas entrevistadas pela TV palestina declararam com toda a clareza e sem demonstrar a menor dúvida: que Israel não tem direito de existir, que seu alvo e razão de viver é a destruição de Israel e que estão dispostas a sacrificar suas vidas para expulsar todos os israelenses.

“Eles (os judeus) vieram para roubar a Palestina de nós; isto é, Tel Aviv, Yaffo, Haifa, Acco, Ramla. Todas essas cidades pertencem à Palestina”, explicou um adolescente entrevistado. Suas palavras refletem os efeitos de muitos anos do doutrinamento realizado pela Autoridade Palestina (AP). “Nós esperamos, esperamos, esperamos, e eu insisto que as nações árabes e os países estrangeiros, todos os países do mundo, apoiarão os palestinos no esforço para expulsar os israelenses… Precisamos afugentar todos os israelenses da Palestina… pois os judeus vieram da Holanda, da América, do Irã.” Continuar lendo